Notícias

20/07/2018

Encontro de Jovens da Santa Clara reúne 300 participantes em Paraí

Motivados para debater o mercado lácteo, cooperativismo, futuro da produção leiteira, sucessão familiar e a transformação digital, cerca de 300 pessoas estiveram presentes no 3º Encontro de Jovens Santa Clara. O evento ocorreu na quinta-feira, 19 de julho, em Paraí. 

Na abertura do encontro, o presidente da Cooperativa, Rogerio Bruno Sauthier, deu as boas-vindas aos participantes. “Esse é um momento que a Cooperativa oportuniza para o jovem trocar informações e aprender. A produção leiteira é rentável e alguém terá que produzir alimentos no futuro”, ressaltou. Após, o diretor Administrativo e Financeiro da Cooperativa, Alexandre Guerra, apresentou dados referentes ao avanço da Santa Clara nos últimos anos e as metas para 2018.

Entre os temas abordados esteve a “Transformação Digital do Agronegócio Familiar” com a consultora de Marketing Digital Martha Gabriel. Segundo ela, as tecnologias contribuem de diversas maneiras nas tarefas diárias e estão em constante evolução e é preciso acompanhá-las. “É preciso mudar o tempo todo para que se tenha sucesso, pois quando realmente necessitar pode não dar mais tempo”, ponderou. A palestrante falou ainda sobre as megatendências: mobiles, data economy (economia de dados), real time (tempo real), social e sustentabilidade.

Palestras

O papel do Cooperativismo esteve presente na fala do presidente da Ocergs, Vergílio Perius: “Os produtores de leite são privilegiados em ser sócios de Cooperativa pela importância que o Cooperativismo possui em regiões que estão inseridos, pois tudo que gera riqueza fica no Estado, na propriedade e na família”. 

Com o objetivo de mostrar aos jovens a viabilidade da produção leiteira, o chefe geral da Embrapa, Dr. Paulo do Carmo destacou que “o Brasil tem consumidores e quem se dedica à atividade conseguirá agregar renda. A tendência é que o consumo do leite aumente no futuro”.  

As tendências de equipamentos e importância dos jovens no cenário do agronegócio e agricultura familiar foram destacadas pela médica veterinária Adriana Thiessen. Para ela, a disponibilidade de terra, a abundância de água e as tecnologias de ponta e o clima são pontos que favorecem a produção agrícola. 

O 3º Encontro de Jovens contou ainda com o relato dos associados Arialdo Bristot, de Paraí, e Maicon Cecconello, de Sertão.

Sobre a Santa Clara

Em 2018, a Santa Clara completou seus 106 anos de história, o que a faz a mais antiga cooperativa de laticínios em atividade no Brasil. A sua sede está localizada no município de Carlos Barbosa e está presente, através de seus 5.550 associados, em mais de 125 municípios gaúchos, atuando nos ramos de Laticínios, Frigorífico, Fábrica de Rações, Cozinha Industrial, Farmácia e 23 unidades de varejo, entre supermercados e mercados agropecuários, nos municípios onde possui associados. Atualmente possui um mix de 340 produtos, entre Laticínios, Frigorífico, Doces e Sucos.

Últimas notícias

17/12/2018

Plantando o Bem encerra terceiro ano com site próprio

Em www.plantandoobem.com.br estão disponíveis dicas para montar uma horta em casa, mais informações e notícias sobre o projeto e galeria de fotos das escolas participantes

Veja mais
17/12/2018

Santa Clara é eleita como Melhor Empresa de Laticínios pelo Mérito Lojista

A honraria foi recebida pelo diretor Industrial do Setor Lácteos, João Seibel.

Veja mais