A Santa Clara é a mais antiga cooperativa de laticínios em atividade no Brasil

A Santa Clara

Modernidade e tradição na elaboração de produtos
com o Puro Sabor da Serra há mais de 112 anos

Em mais de um século de história, a Santa Clara caminha sempre para frente, sem perder a simplicidade e o espírito cooperativo.
São quase 5 mil famílias associadas e mais de 2.300 colaboradores empenhados na tarefa de fazer funcionar uma cadeia produtiva que combina
controle na produção leiteira e investimentos constantes na modernização dos processos industriais e unidades comerciais, formados por uma rede de lojas especializadas para atender o campo e a cidade.

Nossa missão

Receber a produção de seus associados, industrializar, comercializar e prestar serviços com qualidade e tecnologia, proporcionando melhor retorno aos seus associados, visando à satisfação dos clientes e prosperando como organização cooperativista.

Visão e filosofia

Ser uma organização inovadora e modelo na aplicação dos Princípios do Cooperativismo. 

Acreditamos nos objetivos para atingir as metas e mudamos para novos métodos porque somos capazes.

Nossos Valores

  • Comprometimento
  • Transparência
  • Ética
  • União
  • Profissionalismo
     

Propósito

Contribuir com a satisfação das pessoas.

1911

Tudo começou em 15 de maio de 1911

Quando 17 pequenos agricultores da região de Santa Clara, na época parte do 4º Distrito de Montenegro e hoje pertencente a Carlos Barbosa, decidiram instalar uma microempresa de queijo e manteiga, com o nome de "Latteria Santa Chiara", com o objetivo de obter um rendimento com o aproveitamento de sua produção de leite.

1912

A data oficial de fundação da Santa Clara é 10 de abril de 1912

Quando seus 31 fundadores a transformaram em cooperativa com a razão social de Cooperativa de Laticínios União Colonial. Esta transformação ocorreu devido à influência da pregação cooperativista na região de colonização italiana à época, feita pelo técnico italiano Giuseppe De Stéfano Paternó.

1943

Cooperativa Agrícola Carlos Barbosa Ltda.

Em 28 de maio, foi fundada a Cooperativa Agrícola Carlos Barbosa Ltda. com o objetivo de industrializar, beneficiar e vender trigo, milho e arroz.

1954

A primeira inseminação artificial no Rio Grande do Sul.

Já em 1954, a Cooperativa foi pioneira na utilização de inseminação artificial no Rio Grande do Sul.
O trabalho de melhoramento genético iniciado há seis décadas com seus associados gerou animais de alto rendimento e produtividade, premiados em grandes exposições como Expointer, Fenasul e outras.

1975

Cooperativa Agropecuária Carlos Barbosa Santa Clara Ltda.

Buscando alternativas para superar as dificuldades da época, a Cooperativa de Laticínios União Colonial Ltda. e a Cooperativa Agrícola Carlos Barbosa, que já tinham diversos sócios em comum, se uniram, formando uma nova entidade. Em 1975 nascia a Cooperativa Agropecuária Carlos Barbosa Santa Clara Ltda.

1977

Cooperativa Santa Clara Ltda.

Em 9 de setembro de 1977, a Assembleia Geral da Cooperativa alterou a razão social para Cooperativa Santa Clara Ltda. Nesse ano também, a Santa Clara começou sua expansão, com a incorporação da Cooperativa Veranense de Cereais Ltda., de Veranópolis.

1982

Construção do Frigorífico Santa Clara

O pensamento sempre foi diversificar em segmentos compatíveis com a área de atuação principal da empresa, e com esse objetivo, em 1982, foi construído o Frigorífico Santa Clara, que comercializava embutidos, salgados e carnes para todo o Rio Grande do Sul.

1983

Cooperativa Agrícola Boa Vista Ltda.

Em 1983, a Santa Clara incorporou a Cooperativa Agrícola Boa Vista Ltda., de Arcoverde, interior de Carlos Barbosa, expandindo suas atividades no município sede.

1985

Aquisição da Cooperativa Tritícola de Passo Fundo (Coopasso)

A região de Paraí, onde estava cerca de um terço dos associados da Cooperativa, foi incorporada em 1985. A Cooperativa adquiriu da Cooperativa Tritícola de Passo Fundo (Coopasso) um Posto de Resfriamento de Leite e um terreno e prédio onde hoje funcionam o supermercado, o Mercado Agropecuário e o Departamento de Política Leiteira na cidade de Paraí.

1988

Expansão para Cotiporã

A expansão para Cotiporã ocorreu em 1988, com a incorporação da Cooperativa Agrícola Mista Cotiporanense.
Também neste ano, foi incorporada a Cooperativa de Laticínios Real, de São Vendelino.

1991

Remuneração para produtores associados

Em 1991, a Santa Clara foi pioneira no Rio Grande do Sul ao remunerar os produtores associados pela qualidade do leite que entregavam, como forma de incentivo para uma matéria-prima cada vez melhor.

1996

Índice de 100% de coleta do leite a granel

A Santa Clara alcançou o índice de 100% de coleta do leite a granel em 1996. Nesta modalidade, havia mais segurança no transporte da matéria-prima, conservando sua qualidade da propriedade até a indústria. Na foto, a última coleta de leite em tarros ao lado do caminhão que fazia a coleta a granel.

1999

Certificado ISO 9000

A Santa Clara foi, em 1999, a primeira cooperativa e indústria de laticínios no Rio Grande do Sul a obter o certificado ISO 9000, comprovando a eficácia dos processos e aumentando a participação da marca no mercado.

2003

Cooperativa em São Vendelino

Em 2003, mais uma incorporação, da Cooperativa de Laticínios São Vendelino Ltda., de São Vendelino.

2008

Lançamento do Queijo Minas Frescal SanBIOS

A Cooperativa lançou em 2008 o Queijo Minas Frescal SanBIOS, primeiro queijo do Brasil com micro-organismos probióticos, que ajudavam a regular a flora intestinal. Neste ano também, a Cooperativa expandiu-se para a região de Getúlio Vargas e Estação.

2012

100 anos Santa Clara

Neste ano, a Cooperativa completou 100 anos de atividade ininterrupta no ramo do leite.

2014

Aquisição de indústria em Getúlio Vargas

A Cooperativa adquiriu uma indústria de Laticínios em Getúlio Vargas, com capacidade para industrializar 150 mil litros por dia.

2017

105 anos Santa Clara

Neste ano, a Cooperativa Santa Clara completou 105 anos de atividade no ramo do leite.

2019

Começou a operar no dia 15 de julho a indústria de laticínios em Casca

Começou a operar no dia 15 de julho a indústria de laticínios em Casca, um investimento de R$ 130 milhões com 22 mil metros quadrados e capacidade total de industrializar 600 mil litros por dia. A planta produz todas as versões de leite UHT: integral, desnatado, semidesnatado e zero lactose, e no futuro deverá produzir derivados, como achocolatados e creme de leite UHT.

2021

Lançamento da bebida láctea Staymune

Produto inovador que, por meio de sua ingestão diária, fortalece a imunidade. Sua composição conta com duas substâncias importantes para o funcionamento do organismo: a beta-glucana de levedura e a fibra FOS (frutooligossacarídeo), além das vitaminas A, C e D.

2022

110 anos Santa Clara

Em 2022, a Santa Clara completou 110 anos de atividade no ramo do leite e contou atualmente com quase 5 mil famílias associadas, sendo 2.500 produtores de leite em atividade em 135 municípios gaúchos, e 2.200 funcionários em todas as suas unidades de negócio. Foram industrializados uma média de 800 mil litros por dia e contou com um mix de produtos de 350 itens, entre laticínios, frigorífico e doces.

2023

111 anos Santa Clara

Foi um ano importante! A Santa Clara recebeu o reconhecimento como Melhor Fornecedora na categoria Leites e Queijos do Carrinho Agas, pela 16ª vez consecutiva. Além disso, seguimos pelo 13º ano como a marca de queijos mais querida pelos gaúchos, conforme a pesquisa Top of Mind.

No levantamento Marcas de Quem Decide, a Santa Clara se destaca pela 19ª vez, liderando a pesquisa em Produtos Lácteos e ocupando o topo do pódio na categoria Queijos por 15 vezes.Também inauguramos o Mercado Agropecuário de Ipê; realizamos o 1º Concurso de Sustentabilidade do Programa Plantando o Bem e lançamos novos produtos: a Linha de Charcutaria, queijo Dambo, Manteigas Zero Lactose e novos recheios.

Política de Qualidade

Melhoria contínua da eficácia do sistema de gestão da qualidade e da segurança do alimento é o compromisso que assumimos para obter a satisfação dos nossos clientes, funcionários, associados, comunidade e demais partes interessadas, atendendo aos requisitos legais.

Política de Sustentabilidade Ambiental

Alinhado ao cumprimento permanente de sua missão, visão, valores e propósitos essa política tem como objetivo reafirmar o compromisso da Cooperativa Santa Clara Ltda. com a sustentabilidade e gestão ambiental, com o desenvolvimento sustentável e uso de práticas priorizando a redução de uso dos recursos naturais, prevenindo a poluição e impacto ambiental em seus negócios e serviços buscando contribuir com o futuro das pessoas e do planeta.

Unidades

Laticínios

A Santa Clara é a mais antiga cooperativa de laticínios em atividade no Brasil e é também a primeira a conquistar a certificação ISO no Rio Grande do Sul, industrializando 800 mil litros de leite por dia, que resultam em uma linha de mais de 200 itens, entre leite, queijos, bebidas lácteas, Temper Cheese, requeijão e outros derivados. As indústrias estão localizadas em Carlos Barbosa, Getúlio Vargas e Casca.

Departamento técnico

O Departamento Técnico da Santa Clara presta assistência técnica aos produtores em todas as unidades da Cooperativa, garantindo informação e segurança aos produtores por meio de cursos profissionalizantes e de gerenciamento de propriedade, e também controlam a qualidade do leite. O DT também é responsável pela promoção de feiras agropecuárias e encontro de produtores

Suinocultura e Frigorífico

As unidades de produção de leitões (UPLs) localizadas em Carlos Barbosa, Selbach e no Alto Uruguai, produzem 220 mil suínos/ano com alto padrão genético. 
Construído em 1982 para diversificar as atividades da Cooperativa, o Frigorífico Santa Clara fica localizado em Carlos Barbosa e industrializa 90 mil cabeças de suínos por ano, colocando no mercado cerca de 8,4 mil toneladas de carnes e embutidos.

Fábrica de rações

Atualmente a Santa Clara conta com duas fábricas próprias, localizadas em Carlos Barbosa (Sede) e Estação, produzindo um total de 90 mil toneladas anuais de 60 tipos de rações com matérias-primas selecionadas e qualidade para alimentar rebanhos bovinos leiteiros e suínos.

Cozinha industrial

A Cozinha Industrial da Santa Clara produz diariamente mais de 4 mil refeições balanceadas e saudáveis, servidas a empresas da Serra Gaúcha.

Centros de distribuição

Para escoar sua produção e estar mais próxima das lojas de preferência de seus consumidores, a Santa Clara conta com oito Centros de Distribuição na região Sul e Sudeste do Brasil.

Conheça mais

Varejo
Santa Clara

Para servir a seus associados e consumidores das regiões onde está inserida, foram construídos os Supermercados Santa Clara. A matriz fica localizada em Carlos Barbosa, contando com lancheria, farmácia e floricultura.
A Cooperativa possui outras 11 unidades em municípios onde conta com associados.
O Mercado Agropecuário, também com sede em Carlos Barbosa, atende 13 municípios e comercializa toda a linha de produtos agrícolas, máquinas agrícolas, implementos, material de construção e eletrodomésticos.

Onde estamos

ESG

A Santa Clara se preocupa
em seguir crescendo de forma
sustentável para um futuro melhor.

A preservação ambiental e a consciência de que construir implica não destruir são preocupações da Cooperativa Santa Clara.
Além disso, prezamos pelo desenvolvimento das comunidades onde estamos presentes com associados e unidades e em sermos éticos e transparentes em todas nossas ações socioambientais.
 

RELATÓRIOS DE TRANSPARÊNCIA E IGUALDADE SALARIAL

Plantando o Bem

Iniciado em 2016, o Plantando o Bem se dedica a conscientizar crianças e adolescentes sobre ecologia, alimentação saudável e sustentabilidade.
Em suas sete edições já abrangeu mais de 21 mil crianças em 20 cidades gaúchas com plantio de hortas escolares, peças de teatro, oficinas culinárias, de chás e de compostagem, cartilhas e livros de receitas e, em 2023, a 1ª edição do Concurso de Sustentabilidade Criativa.
O programa tem seu próprio site www.plantandoobem.com.br

Mantenedora do Banco de Alimentos

Mais de 20 mil famílias gaúchas em situação de vulnerabilidade são atendidas mensalmente por 250 instituições ligadas ao Banco de Alimentos de Porto Alegre.
Desde 2020, como mantenedora da instituição, a Santa Clara já doou mais de 116 toneladas de leite e outros produtos lácteos, além de recursos
financeiros à entidade.

Presença na comunidade

A Santa Clara é uma grande incentivadora dos eventos culturais, sociais e desportivos. Por isso, especialmente em cidades onde possui unidades, se faz presente nos principais eventos e comemorações locais e regionais.
Também apoia a preservação histórica e cultural junto às comunidades para manutenção de seus patrimônios materiais e imateriais.
No esporte, patrocina times de futebol e futsal, tanto categorias de base, até os times principais, inclusive femininos.
Para solicitar patrocínio ou doação da cooperativa, basta preencher o formulário no endereço: https://www.coopsantaclara.com.br/patrocinio

Energia de fontes renováveis

Desde 2010, a Santa Clara utiliza energia elétrica limpa, gerada a partir de fontes renováveis: eólica, solar, biomassa, hidrelétricas.
Através desta ação, houve a redução na emissão de 1.395,799 tCO2e de gases que provocam o efeito estufa (GEE), o que representa
a conservação correspondente a 38.569 árvores plantadas. Em 12 anos, a Cooperativa já deixou de emitir o total acumulado de 20.254,685 tCO2e de GEE.

Energia solar

Tendo como meta implementar o uso de energia elétrica proveniente de fontes renováveis e limpa em 100%
de suas unidades até 2030, a Santa Clara investiu R$ 3,5 milhões na implantação de 13 usinas fotovoltaicas (energia solar).
Elas serão responsáveis pela geração de 1,5 milhão de Kwh/ano para comportar o abastecimento de 18 unidades da Santa Clara.

Biodigestores

Instalados em 2008, os sistemas de biodigestores transformam a carga orgânica dos dejetos animais gerados nas
suinoculturas de Selbach e Carlos Barbosa em biogás (rico em metano e que pode ser transformado em energia elétrica)
e biofertilizante. Rico em nutrientes, o biofertilizante é usado como adubo nas lavouras de associados, uma opção mais
barata e menos poluente que os fertilizantes químicos. Em 2022, 31.558 toneladas foram transformadas em adubo orgânico.

Gestão de resíduos sólidos

A Santa Clara possui Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) e promove ações para minimizar a geração de resíduos reaproveitando materiais quando possível e aplica a coleta seletiva em todos os seus setores. Em Carlos Barbosa, possui uma Central de Triagem, otimizando a separação, armazenamento e posterior destino final em empresas licenciadas junto aos órgãos ambientais. Em 2022, foram recicladas 729 toneladas de materiais, evitando seu acúmulo em aterro ou no meio ambiente.

Logística Reversa

Tendo como objetivo incentivar o aumento da reciclagem de materiais no território nacional, bem como evitar descarte incorreto de resíduos ocasionando contaminação dos recursos naturais e impactos na saúde humana e animal, a Santa Clara é uma das fundadoras da Associação de Logística Reversa de Embalagens (Aslore), realizando ações e investimentos na área, especialmente em cooperativas de catadores. O investimento de aproximadamente R$ 800 mil garantiu a destinação correta de mais de 11 mil toneladas de produtos colocados no mercado.

Coleta de embalagens de agrotóxicos

Preocupada com o uso responsável de defensivos agrícolas por seus associados, a Cooperativa Santa Clara, em seus municípios de atuação, realiza anualmente campanhas de coleta e destinação final de embalagens, evitando o descarte incorreto dos produtos. Os Mercados Agropecuários contam com Pontos de Entrega Voluntários para medicamentos e embalagens de produtos para uso veterinário. Em 2022, foram recolhidas 123.826 embalagens de defensivos e 3,5 toneladas de resíduos de saúde animal.

Recolhimento de lâmpadas, pilhas e baterias

Os supermercados da Cooperativa Santa Clara contam com Pontos de Entrega Voluntário de lâmpadas fluorescentes, pilhas e baterias. No ano de 2022 foram destinados para descontaminação/recuperação ou aterro industrial, junto a empresas com licença ambiental, o total de 12.547 lâmpadas e 440kg de pilhas e baterias.

Cobertores produzidos com uniformes usados

Este projeto de economia circular promove a transformação de uniformes usados devolvidos por funcionários à cooperativa em cobertores. Em sua primeira etapa, realizada em 2023, foram produzidas 250 unidades de cobertores, doadas a entidades assistenciais gaúchas, evitando que 600kg de roupas virassem rejeitos.

Licenciamento ambiental

As unidades da Santa Clara são licenciadas em conformidade com a legislação ambiental vigente, que estabelece as condições para que a atividade ou o empreendimento causem o menor impacto possível ao meio ambiente. Os documentos são emitidos pelos órgãos competentes, de acordo com a atividade ou natureza do negócio.

Tratamento de efluentes líquidos

Não somente pela necessidade de atender às normas legais, mas por entender a grande importância da preservação desse recurso fundamental para suas atividades industriais, a Santa Clara promove várias ações para preservar este recurso. A água utilizada nos processos industriais tem origem em poços artesianos outorgados, aplica-se o reuso de 200 mil litros de água por dia, além de utilizar água de chuva em alguns setores. Ainda, são tratados diariamente 2,5 milhões de litros de efluentes em 5 Estações de Tratamento de Efluentes (ETEs), garantindo assim o retorno desta água sem alteração aos recursos hídricos (arroios e rios).

Mais ações

  • 100% da lenha utilizada nas caldeiras das fábricas é extraída de florestas plantadas.
  • Recolhimento e destinação correta de 488kg de medicamentos nas farmácias em 2022.
  •  4.094 esponjas utilizadas em unidades das cozinhas industriais da Cooperativa foram devolvidas ao fornecedor através de campanha interna.
  • Em 2022, 8.694kg de óleo usado nas cozinhas industriais foram destinados ao reprocessamento junto a empresa licenciada.
  • 439,4kg de tampinhas plásticas arrecadadas na Santa Clara dentro da campanha Tampinha Legal foram doadas para a APAE de Carlos Barbosa, garantindo que ela fosse uma das 5 instituições contempladas, em todo o Brasil, com uma cadeira de rodas.​
  •  Através da campanha interna Desperdício Zero, foram reduzidos aproximadamente 100kg mensais de sobras de alimentos no refeitório da Laticínios em Carlos Barbosa.

Revistas

Edição 31 Especial 110 anos

Baixar revista

Edição 30 Receitas Com Bacon Santa Clara

Baixar revista

Edição 28

Baixar revista

Edição 27

Baixar revista

Edição 26

Baixar revista

Edição 25

Baixar revista

Edição 24

Baixar revista

Edição 23

Baixar revista

Edição 22

Baixar revista

Edição 21

Baixar revista

Edição 20

Baixar revista

Edição 19

Baixar revista

Edição 18

Baixar revista

Edição 17

Baixar revista

Edição 16

Baixar revista

Edição 15

Baixar revista

Edição 14

Baixar revista

Edição 13

Baixar revista

Edição 12

Baixar revista

Edição 11

Baixar revista

Edição 10

Baixar revista

Edição 09

Baixar revista

Edição 08

Baixar revista

Edição 07

Baixar revista

Edição 06

Baixar revista

Edição 05

Baixar revista

Edição 04

Baixar revista

Edição 03

Baixar revista

Edição 02

Baixar revista

Edição 01

Baixar revista